Quem recebe e quem paga

 

Endividar-se sem limites era um ótimo negócio. Inclusive porque quem paga as dívidas contraídas pelo Estado é o contribuinte através dos seus impostos. Este foi o “Milagre Brasileiro”, uma verdadeira festa indiscriminada de empréstimos, cujos contratos, até hoje, permanecem obscuros. 

Slide12

 

seta-eseta-d